Como identificar potenciais fornecedores estrangeiros?

Reading time: 4 minutes

A balança comercial brasileira fecha a terceira semana de maio de 2016 com um superávit de US$ 1,010 bilhão, com mais de US$ 2,6 bilhões só neste período, um total superior a US$ 50 bilhões em importações nos últimos 12 meses. Os dados, do Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, não deixa dúvidas que a importação continua sendo um ótimo negócio, alavancada, em parte, pelas operações do e-commerce.

De acordo com o site especializado E-Bit/Buscapé, só no primeiro trimestre deste ano já faturou R$ 9,75 bilhões: foram 24,45 milhões de pedidos realizados pela internet nesse período, significando um crescimento nominal de 1% para os lojistas. Mas como quem quer entrar no lucrativo negócio da importação de produtos pode identificar os fornecedores estrangeiros em potencial e aproveitar as vantagens do agenciamento de contêineres para lucrar ainda mais?

Oportunidades não faltam

a verdade é que as oportunidades estão cada vez maiores para quem quer entrar no mundo da importação, principalmente com as facilidades trazidas pelas empresas de agenciamento de cargas como a ATC Cargo Inc, que oferece soluções personalizadas e projetos customizados de acordo com o tamanho do seu negócio. Sim, porque se há algum tempo a logística era um grande problema, hoje a intermediação barateia custos e simplifica processos burocráticos, tomando para si todos os desembaraços aduaneiros. Tudo o que você tem a fazer é encontrar os melhores fornecedores e fazer a sua encomenda. O resto fica por conta da ATC Cargo Inc, com toda a segurança de quem é expert no mercado.

Comece fazendo um planejamento

O primeiro passo é fazer um Planejamento Estratégico de Importação, definindo de quem e de onde você pode comprar o produto que você quer. Leve em consideração as metas e as necessidades da sua empresa, agrupando de forma estratégica todas as informações a respeito do produto: quantidade, periodicidade, formas de pagamento e condições, os países que oferecem o que você quer, o preço médio praticado, as movimentações brasileira e internacional do produto, os mercados em potencial. Com essas informações você vai reduzir a sua seleção de países fornecedores para fazer uma análise mais complexa sobre os acordos comerciais existentes com o Brasil, facilidade de logística e a verificação das alíquotas incidentes sobre a importação.

Depois que você definir o país exportador, ou seja, aquele do qual você vai importar o seu produto, pesquise pela internet o mercado desse país, visitando sites de fabricantes e até as repartições diplomáticas (câmaras, embaixadas e consulados) do país instaladas no Brasil.

Outra dica é frequentar as feiras internacionais, acompanhar as missões internacionais ou participando de rodadas de negócios, eventos geralmente organizados por entidades de classe e órgãos governamentais. Pela própria internet você consegue o calendário anual desses eventos, nos quais você conhece os produtos de perto e aumenta a sua networking para, só depois, analisar os melhores fornecedores para entrar em contato.

Cuidados na análise do fornecedor

Nessa análise você deve levar vários fatores em consideração, como prazos e condições de entrega, capacidade produtiva, atuação nos mercados interno e externo, carteira de clientes, preço, condições e qualidade do produto e composição do material de fabricação, tomando cuidado para que não haja qualquer componente proibido no Brasil. Sempre que possível, peça amostras, catálogos e visita as instalações da fábrica, conhecendo pessoalmente seu fornecedor.

A dica neste caso é fazer, a princípio, pequenas encomendas para analisar itens como o cumprimento de prazo e a qualidade do produto, por exemplo. Para pequenas quantidades de carga a ATC também oferece soluções bastante interessantes a preços diferenciados, como datas customizadas de pick-up, em 24 ou 72 horas ou sete dias, e consolidação de contêineres, por exemplo, entre outras.

Tome algumas precauções

Para evitar problemas futuros, se o produto for comercializado com a marca do fornecedor, faça uma pesquisa em relação à disponibilidade de uso dessa marca no Brasil. Se ela já estiver registrada, verifique se o nome da empresa exportadora coincide com o nome do proprietário da marca no Brasil. A consulta pode ser feita gratuitamente em alguns escritórios de advocacia especializados na área.

Tome cuidado também ao contratara empresa de agenciamento de contêineres, afinal é o seu investimento que está em jogo. Certifique-se de ter toda a segurança possível, como o rastreamento da carga via satélite oferecido pela ATC Cargo Inc, por exemplo. Lembre-se que o melhor custo-benefício nem sempre está no preço mais barato, mas na melhor solução para o seu negócio.

Conheça todas as soluções oferecidas pela ATC Cargo Inc, empresa líder o mercado de agenciamento de contêineres. Peça uma entrevista individualizada com um dos nossos especialistas e veja como podemos ajudar a sua empresa a crescer.

fale_com_consultor_da_atc_cargo_inc